Em formação

Plantas em vaso: Dendrobium, Orquídea, Dendrobium loddigesii, Dendrobium nobile

Plantas em vaso: Dendrobium, Orquídea, Dendrobium loddigesii, Dendrobium nobile

Classificação, origem e descrição

Nome comum: Dendrobium
Tipo: Dendrobium.

Família: Orchidaceae.

proveniência: Sudeste Asiático e ilhas do Pacífico.

Descrição do gênero: inclui cerca de 900 espécies, principalmente epífitas, decíduas ou sempre-verdes. Eles podem ter pequenas dimensões com 1-2 pseudobulbos ou notáveis, sem pseudobulbos e caules que carregam dezenas de flores. Estes últimos são constituídos por tepais isométricos, embora os internos sejam mais largos, e o labelo, geralmente côncavo, que pode ser franjado, lobado ou simples. São espécies adequadas para a produção de flores cortadas. Dependendo da origem, eles são adequados para cultivo em estufa quente ou fria, embora algumas espécies também possam ser cultivadas no apartamento.

Dendrobium polysema (Jardim Botânico de Berlim) (site de fotos)

Espécies e variedades

Dendrobium crepidiferum

Dendrobium loddigesii o pulchellum: espécies com folhas oblongas e decíduas e pseudobulbos finos e pendentes. De fevereiro a abril, produz flores rosa solitárias. Reservado para cultivo em estufa quente ou quente, ele pode se adaptar à vida do apartamento apenas em posições muito iluminadas e longe da luz solar direta.

Dendrobium nobile: espécies com pseudobulbos com 60 cm de altura. a partir do qual as belas folhas brilhantes são formadas. De fevereiro a abril, produz flores com tepals com base branca e ápice sombreado malva. O labelo tem uma garganta marrom cercada por uma área branca ou amarela. Mesmo essa espécie, embora prefira uma estufa quente ou quente, pode se adaptar ao cultivo em um apartamento, desde que esteja em uma posição quente e brilhante (por exemplo, perto de uma janela voltada para o sul).

Polissemia de Dendrobium

Dendrobium crepidiferum (Jardim Botânico de Berlim) (foto do site)

Requisitos ambientais, substrato, fertilizações e precauções especiais

Temperatura: quente no período vegetativo (cerca de 24 ° C); mais frio durante o inverno (cerca de 8-10 ° C).
Luz: muita luz, com exceção do sol direto (boa posição, perto de uma janela voltada para o sul).
Rega e umidade ambiental: a rega deve ser abundante durante a estação de cultivo, reduzida no inverno. A umidade deve ser aumentada por qualquer meio, especialmente nos períodos mais quentes.
Substrato: mistura constituída por três partes de osmunda e uma de esfagno.

Multiplicação

Multiplica-se pela divisão dos tufos, que deverão ser repotenciados assim que as novas mudas começarem a enraizar (geralmente logo após a floração).

Doenças, pragas e adversidades

Pulgão das orquídeas: causa o aparecimento de manchas pretas ou amareladas. É combatido com produtos específicos.


Vídeo: Cómo cuidar una Orquídea Dendrobium nobile Parte 1 (Pode 2021).