Em formação

Raças de galinhas: Orloff

Raças de galinhas: Orloff

Origem, difusão e características econômicas

Originalmente da Europa Central e Oriental, conhecida desde meados do século XII. É também chamado de Grande Lutador Orloff. De grande tamanho, parece derivar de cruzamentos entre a raça malaia e galinhas locais (Ushanki, Pavloff).
Criado como um excelente produtor de carne, tanto para híbridos de carne pura quanto para carne amarela.
Os ovos têm uma casca branca a acastanhada.

Características morfológicas

Existem muitas variedades de cores e padrões do casaco.
Cabeça grande, com barba e favoritos bem desenvolvidos.
Crista de morango; bico curto e grosso.
Olhos fundos com íris avermelhada. Caxumba pequena e pouco visível. Pequenos wattles escondidos pela barba.
Cauda larga com foices curvas; pernas longas.
Peso médio:
- Galos 3,0 - 3,5 kg
- Galinhas 2,25 - 2,75 kg

Galinha Orloff tricolor (site de fotos)

Galo Orloff tricolor (site de fotos)

Padrão da raça - FIAV

I - GERALIDADES

Origem
Importado da Ásia Menor para a Rússia pelo Conde Orlov no final do século XVIII.

Ovo
Peso mínimo g.56
Cor da casca: branca a acastanhada.

Anel
Galo: 22
Galinha: 20

II - TIPO E ENDEREÇOS PARA A SELEÇÃO
Frango de bom tamanho médio, muito musculoso, com corpo grande e ossos relativamente fortes; forma que está entre o frango comum e o malaio; hábito detectado e estatura média; barbudo.

III - PADRÃO
Aparência e características gerais da raça

1- FORMULÁRIO
Tronco: poderoso; hábito detectado. Frango tendo menos detectado.
Cabeça: tamanho médio; muito largo na frente; meio arredondado; arcos de sobrancelha bem pronunciados.
Bico: curto, poderoso e não muito curvo; amarelo, com parte superior escura, exceto na variedade branca.
Olhos grandes; íris de cor pérola a vermelho alaranjado; eles parecem menores por causa das sobrancelhas proeminentes e que dão à aparência uma aparência sombria.
Crista: com rolamento e cravação profunda; parcialmente decorado com penas; bem implantado no crânio.
Bargigli: rudimentar e escondido pela barba. Na galinha menos desenvolvida e também aqui com algumas penas pequenas.
Rosto: vermelho; parcialmente disfarçado pela barba.
Caxumba: sem importância; escondido pela barba.
Barba: barba cheia e cheia, favoritos desenvolvidos que se estendem sob a mandíbula inferior.
Pescoço: longo, em linha reta, forma um canto bem marcado com a nuca; capa abundante que não esconde os ombros e que se forma sob a nuca, devido à plumagem desgrenhada, uma espécie de crina, mesmo na galinha.
Ombros: largos, claramente evidentes.
Dorso: comprimento médio; largo e plano; flacidez. Garupa larga com numerosos lanceolados, mas não muito longa.
Asas: bastante longas; caudais apertados ao corpo; com alças um pouco proeminentes.
Cauda: proporcionalmente curta, larga e elevada, quase em ângulo reto, com numerosas foices bastante longas.
Peito: largo e não proeminente.
Pernas: pernas de comprimento médio, bem abertas e com plumagem apertada. Tarso de bom comprimento médio e liso; laranja para amarelo. Dedos poderosos; Comprimento médio; bem espalhado.
Barriga: larga e bem desenvolvida. Na galinha mais desenvolvida.

2 - PESOS
GALO: Kg. 3.0 - 3.5
HEN: Kg. 2,25 - 2,75

Defeitos graves:
Corpo estreito e delicado; barriga subdesenvolvida; peito muito apertado; costas arredondadas ou muito estreitas; hábito muito alto; barba muito subdesenvolvida; plumagem no tarso.

3 - PLUMAGEM
Conformação: apertada na cabeça; na capa não muito longo, mas muito abundante e desgrenhado na nuca; desce até os ombros sem cobri-los; garupa cheia mas sem mancais; plumagem completa e média-longa na cauda; muito raramente no peito que o edredom sai quando o bócio está cheio.

IV - CORES

TRICOLOR
GALO
Cor de fundo vermelho-mogno escuro e brilhante, um pouco mais claro na capa e nas costas do que nas costas, ombros e pequenos abrigos de asas. A maioria das penas mostra um desenho semelhante à variedade millefiori com uma cor de fundo em mogno, parte média preta e extremidade branca. No geral, o design não parece muito homogêneo e regular; a extremidade branca das penas é geralmente maior. A barba é branca, algumas penas pretas são permitidas. Peito e pernas pretas com traços marrons e pontas de penas brancas. Ataduras da asa verde azulado até preto brilhante, com pontas mais ou menos brancas. Remiges secundários com barbas externas marrons e barbas internas com, em alguns, design branco. Remiges marrons primárias com traços preto e branco. Alguns remiges inteiramente brancos são permitidos. Timoneiro preto com algumas pontas brancas. Foices pretas com reflexos verdes.
GALINHA
Cor de fundo marrom-vermelho. O design lembra o da variedade millefiori, com uma cor de fundo marrom, lantejoulas pretas e a parte terminal uma pérola branca, mas é menos regular e menos claramente delimitada. A barba é em grande parte branca. Remiges como os do galo. Cauda marrom com alguns desenhos em preto e branco.

O padrão de branco aumenta de tamanho com a idade do sujeito.

Defeitos graves:
Gallo: cor de fundo opaca, sem reflexos ou muito clara; muito bronze na capa e na garupa; muito marrom na cauda.
Galinha: cor de fundo muito clara ou altamente irregular; muito apimentado na plumagem do casaco.
Em ambos os sexos: design fortemente desbotado; penas predominantemente marrons ou pretas na barba; mais de um agente de remo secundário inteiramente branco em indivíduos jovens.

MAHOGANY VERMELHO
GALO
Cor de mogno brilhante do fundo muito brilhante. Barba, a frente do pescoço e o peito pretos, algumas penas de mogno permitidas. Cauda negra com fortes reflexos verdes.
GALINHA
A cor de fundo corresponde à do galo, porém um pouco menos brilhante. Alguns traços pretos são tolerados nos abrigos das asas e na barba.
Defeitos graves:
Galo: plumagem sem brilho e triângulo asa negra.
Galinha: afiação leve na plumagem do casaco.
Em ambos os sexos: cor de fundo muito clara ou fortemente irregular.

BRANCO
GALO
Branco; reflexões amareladas são permitidas na capa e nas costas.
GALINHA
Creme branco.
Jaqueta branca.
Defeitos graves: reflexos amarelos muito fortes; penas de outra cor.

PRETO
GALLO e GALLINA
Preto aveludado com fortes reflexos verdes. Jaqueta preta que fica esbranquiçada em direção à base.
Tarsi com um véu escuro para ser julgado clemente na galinha.
Defeitos graves: plumagem opaca; trilhas farinhentas; cor do tarso muito impuro.

SPARVIERO
GALLO e GALLINA
Cada pena cruzava, em várias alternâncias, de preto e azul brilhante; as barras são ligeiramente arqueadas. Barras da mesma largura no galo, na galinha as barras escuras são mais largas que as claras. O desenho não está claro. Barba com design pardalhawk. Jaqueta para baixo apenas fracamente projetada.
Tarsi ligeiramente escuro na galinha para ser julgado de maneira clemente.
Defeitos sérios: projeto pardalhawk completamente sombreado; ausência completa do desenho do pardal nos timoneiros e foices; trilhas farinhentas; destaques amarelos.

PRETO MANCHADO BRANCO
GALLO e GALLINA
Cor de fundo preto intenso com reflexos verdes. As extremidades das penas com pontas brancas. Barba negra com ponta de penas brancas. Nos galos e nos jovens, a cor preta do fundo domina o todo. Na galinha, o desenho era distribuído como um todo o mais regularmente possível. Até duas remigas primárias brancas são toleradas em cada asa. Com a idade, o padrão branco se estende. Casaco preto, no galo ele desbota em branco na direção da base.
Defeitos graves: ferrugem da cor de fundo ou cinza preto; edredom branco na galinha; desenho ausente, encurvado ou muito grosseiro; branco demais no timoneiro e na foice; plumagem anal branca.


Vídeo: Galinha com pintinhos e franguinhos Orloff Russo, Wyandotte, Ameraucanas, Calcutá e Brahma (Pode 2021).