Em formação

Raças de frango: siciliano

Raças de frango: siciliano

Origem, difusão e características econômicas

Raça italiana antiga, uma vez difundida na Sicília.
É quase certamente o resultado da travessia, ocorrida nos tempos antigos, entre galinhas sicilianas e galinhas do norte da África.
Raça precoce, a lista sexual em galos ocorre cerca de 40 dias, a galinha começa a botar lindos ovos brancos no quinto mês.
O esqueleto fino e muito desenvolvimento das massas musculares do tórax e coxas, a conformação geral arredondada e reunida, fazem do siciliano um bom produtor de carne, mesmo que seja de tamanho pequeno (a carne é saborosa e saborosa).
Excelente postura, rústica, resiste muito bem, mesmo em climas frios.
De natureza vagabunda, mas não um ótimo panfleto, se deixada livre em grandes espaços, pode obter para si uma boa parte da alimentação diária.
Os ovos são brancos com uma forma cônica característica. O peso mínimo é de 45 gramas e a cor da concha vai do branco ao marrom claro. Com uma aparência combativa e ousada, rústica e forte, dificilmente leva doenças comuns a outras raças.
É uma raça oficialmente reconhecida na Itália pela FIAV.

Italiano oficial - padrão siciliano

I - GERALIDADES
Origem: Itália - Sicília. Diz-se que se originou do cruzamento de galinhas líbias com galinhas locais.
Ovo: Peso mínimo g. 45 - Cor da casca: branca a marrom clara.
Anilha: Galo: mm. 18 - Galinha: mm. 16
II - TIPO E ENDEREÇOS PARA A SELEÇÃO
Frango animado, muito cedo e com uma forte aptidão para deposição. É caracterizada pela crista típica da copa. A plumagem é abundante e próxima ao corpo. Forma, posição e crista afetam o julgamento na maior parte da coloração.
III - PADRÃO - APARÊNCIA GERAL E CARACTERÍSTICAS DA RAÇA
1) - FORMULÁRIO

Tronco: de tamanho médio e coletado.
Cabeça: elegante e arredondada, bastante larga e profunda.
Bico: forte, comprimento médio e cor amarela; são permitidas leves estrias de chifre escuras no pescoço preto e dourado.
Olhos: grandes, vivos e proeminentes na cor vermelho / laranja escuro.
Crista: De textura fina e vermelha; começa como uma crista simples na base do bico e adquire a forma de copo, de preferência fechada nas costas. O copo está bem formado, liso por dentro. 5 dentes regulares por lado são preferidos, não muito longos, bem definidos e não muito largos; portado reto e bem ereto. Em galinhas poedeiras, é admitido levemente pendurado.
Bargigli: Rossi, tamanho médio; portado bem esticado e não aberto como uma borboleta, livre de dobras verticais e horizontais.
Rosto: vermelho intenso; suave e sem pêlos.
Orecchioni: De tamanho médio, fino, bem arredondado, vermelho; uma leve presença de branco é tolerada.
Pescoço: bem arqueado, elegante, com capa abundante.
Ombros: largos, bem arredondados.
Dorso: largo, não muito longo.
Asas: longas, altas e justas.
Cauda: larga o suficiente, com timoneiro longo, capacidade bastante alta com um ângulo de 70/75 ° na torneira e 55/60 ° na galinha.
Peito: largo, cheio e arredondado, portado alto.
Pernas: pernas de tamanho médio bem destacadas do tronco; tarso fino e moderadamente longo, de cor verde salgueiro.
Barriga: bem desenvolvida e arredondada.
Pele: macia, amarelada.
2) - PESOS:
-
Galo: Kg. 2,0 - 2,4
- Galinha: Kg. 1,6 - 1,8
Defeitos graves:
Ausência de características tipológicas; cauda de esquilo; caxumba muito branca; presença de tocas ou crescimentos no copo; crista de galo pouco desenvolvida ou dobrada, aberta na frente, com dentes filiformes ou muito compridos; cor tarsi diferente do verde salgueiro; tarso emplumado.
3) - PLUMAGEM: Abundante e macio; bem aderente ao corpo sem formar rolamentos.
4) - CORES:
GOLD NECK

Galo: cabeça amarela dourada intensa. Capa amarela dourada, ligeiramente mais clara na parte terminal, com chamas negras que não rompem a borda. Costas, ombros e cobertura de asas de brilhantes asas vermelhas escuras. Lanceolada da garupa amarela dourada com chamas negras que não rompem a borda. Coberturas grandes de asa preta com reflexos metálicos em verde / azul. Remiges pretos primários, borda marrom estreita do lado de fora permitida. Remiges secundários com parte interna preta, ponta e parte externa marrom que formam o triângulo da asa. Peito preto sem traços marrons. Barriga e pernas pretas. Cauda negra com fortes reflexos verdes. Casaco acinzentado.
Galinha: Cabeça amarela dourada. Capa amarela dourada com chamas negras que não rompem a borda. Plumagem dourada / marrom com pimenta preta fina distribuída regularmente, permitido rachis ligeiramente mais leves. Remiges pretos primários com borda externa marrom apimentada estreita. Remiges secundários com parte interna preta e parte externa marrom apimentada. Peito de salmão, mais escuro na parte superior, com coluna um pouco mais clara. Pernas e barriga cinza / marrons. Cauda negra, os dois últimos timoneiros admitiram como o resto da plumagem.
Defeitos graves
Gallo: capa e sela muito vermelhas ou palha, falta de chamas; peito ou pernas com traços marrons; triângulo de asa impuro.
Galinha: Falta de chamas na capa; vestígios avermelhados no casaco; cor de fundo do pêlo muito clara ou com reflexos esverdeados, presença de bainha; ferrugem nos abrigos das asas; pimenta mal distribuída ou grossa; cor do peito muito clara; presença de design escamoso em toda a plumagem.
BRANCO
Toda plumagem em ambos os sexos, branca pura, mais brilhante no pau. Jaqueta branca.
Defeitos graves
Fortes reflexões de palha. Peito de outra cor. Peito com traços de cor salmão na galinha.
PRETO
Plumagem do galo e da galinha negra intensa, no galo com fortes reflexos verdes brilhantes. Casaco preto. É permitido um leve sombreamento mais escuro no tarso em indivíduos jovens.
Defeitos graves
Plumagem opaca, sem reflexos no galo. Destaques roxos ou azulados. Outras canetas coloridas.
AZUL
Galo e galinha Plumagem em geral: azul pombo de matiz médio e uniforme, é permitido um pequeno bainha na borda das penas. Na cabeça do galo, a capa, as asas e o lanceolato da garupa variam de azul escuro a preto / azul aveludado brilhante. Na galinha, capa azul escura.
Edredom: azul claro.
Falhas graves: cores irregulares, muito claras ou muito escuras; bainha muito pronunciada; destaques marrons; canetas de outra cor.

Padrão siciliano - CTS FIAV

Galo siciliano de pescoço dourado (foto Ongaretto)

Galinha siciliana de pescoço dourado (site de fotos)

Galo siciliano branco (site de fotos)

Galinhas - Atlas de raças
Vários autores - Edagricole - novembro de 2008

Um guia para todos os fãs de galinhas e para quem deseja conhecê-las. Todas as raças de A a Z e suas características em guias simples e completas. Para cada raça: origem, difusão, morfologia, cores, gerenciamento de laboratório e truques para o criador e o entusiasta.
Compre online


Vídeo: As 8 Melhores Raças de Galinha Para Cria e Abate - Racho WR Chocadeiras (Pode 2021).