Em formação

Raças de galinhas: Sulmtaler

Raças de galinhas: Sulmtaler

Origem, difusão e características econômicas

Raça austríaca originária do vale de Sulm (Sulmtal, sudoeste de Graz).
Raça de dupla finalidade.
Carne amarela e ovos com casca avermelhada.

Características morfológicas

Variedade: Trigo dourado, branco.
Simples, crista reta.
Pequeno tufo de penas na cabeça.
Caxumba branca. Wattles desenvolvidos.
Abdome largo e costas.
Pernas fortes.

Peso médio:
- Galo 3,0 - 4,0 kg
- Frango 2,5 - 3,5 kg


Galinha e galo Sulmtaler (foto www.biorama.at)


Galinha da raça Sulmtaler (foto http://greenfirefarms.com)


Galo da raça Sulmtaler (foto http://greenfirefarms.com)

Par de trigo Sulmtal dourado (site de fotos)

Padrão da raça - Sulmtal

I - GERALIDADES

Origem
Raça grande selecionada entre galinhas locais da Estíria.
Frango de dupla finalidade, de crescimento rápido e pele branca.

Ovo
Peso mínimo g. 55
Cor da casca: do branco-creme ao marrom claro.

Anel
Galo: 20
Galinha: 18

II - TIPO E ENDEREÇOS PARA A SELEÇÃO

Frango do tipo comum, baixo nas pernas com formato compacto, estrutura óssea fina e hábito de crescimento quase médio-alto. Plumagem não muito

inchado e na frente.

III - PADRÃO

Aparência e características gerais da raça

1- FORMULÁRIO

Tronco: formato retangular e muito cheio, largo, profundo e largo. Na galinha, o hábito é mais baixo que o galo e mais horizontal.

Cabeça: tamanho médio; não grosseiro.

Bico: poderoso, bem proporcionado; cor de chifre até carne.

Olhos: íris vermelho-laranja

Crista: simples; tamanho médio; quatro a seis dentes regulares; corte não muito profundo; lóbulo ligeiramente destacado da nuca; dobra de suporte permitida na crista do pênis. Na galinha, não muito grande, regularmente entalhada; Forma em "S" pronunciada na frente.

Bargigli: de tamanho médio.

Rosto: vermelho, ligeiramente decorado com algumas penas pequenas.

Caxumba: tamanho médio; oval; brancos, brancos avermelhados permitidos, especialmente em sujeitos de vários anos.

Tufo: pequeno tufo de penas voltado para as costas. Na galinha, um rico tufo de penas se desenvolveu mais que o do galo; ausência de hérnia craniana

Pescoço: de comprimento médio; ricamente emplumado.

Ombros: largos e bem arredondados.

Dorso: largo nos ombros; longo O suficiente; quase na horizontal. Garupa grande, cheia e cheia de lanceoladas; sem rolamentos.

Ali: tamanho médio; bem apertado ao corpo.

Cauda: cheia, larga, de comprimento médio, grande, em forma de foice, moderadamente longa e com numerosos pequenos em forma de foice. Em galinha curta ou média-longa, ventilador e alta capacidade.

Peito: largo, cheio e muito profundo, um pouco proeminente. Na galinha trouxe muito baixo.

Pernas: pernas fortes, muito musculosas; não muito largo. Tarso de comprimento médio; suave; cor de carne clara, rosa nas laterais e entre os dedos. Comprimento médio e dedos bem abertos.

Barriga: cheia e larga. Na galinha, muito desenvolvida com saliências, penas ricas e muita penugem sem estar inchada.

2 - PESOS

GALO: Kg. 3,0 - 4,0

HEN: Kg. 2,5 - 3,5

Defeitos graves:

Corpo muito leve ou firme; falta de profundidade corporal e peito plano; esqueleto grosso; hábito muito estreito ou muito alto; cauda segurando muito detectada ou muito baixa, cauda muito estreita ou muito longa; plumagem muito inchada lateralmente;

caxumba vermelha pura.

3 - PLUMAGEM

Conformação: larga; um pouco macio, mas confortável.

IV - CORES

TRIGO DOURADO

GALO

Topete marrom vermelho. Capa e garupa marrom dourada, a capa em direção à cabeça e a garupa atrás das costas são mais escuras e depois iluminam-se para baixo, sem chamas negras. Costas, ombros e pequenos abrigos de asas castanhas. Bandas de asa negra com relevos verdes brilhantes. Restos primários enegrecidos. Remigues secundários dentro preto, fora marrom formando o triângulo da asa. Peito, barriga e pernas podem ser encontrados pretos com reflexos verdes, mas é permitido um peito preto manchado de marrom. Cauda preta com reflexos verdes.

GALINHA

Topete de pão cor de trigo a crocante. Capa marrom dourada suportada, alguma chama negra opaca é tolerada. Peito leve de cor de crosta de pão. Barriga e pernas com crosta de pão. Costas e resto do casaco cor de trigo, triângulo asa um pouco mais escuro. O preto era permitido nas barbas internas dos remiges. Timoneiro cinza e preto velado em couro marrom. Abrigos de cauda cor de trigo. Um tom um pouco mais escuro é permitido.

Defeitos sérios: traços farinhentos nos remiges e na cauda.

Galo: bordas leves na capa e na garupa e muito preto no triângulo das asas; marrom demais nas pernas e no peito.

Galinha: cor do tufo muito escura ou farinhenta; bainha muito leve na capa; cor da pelagem fortemente marmorizada e irregular ou encurvada.

BRANCO

GALLO e GALLINA

Branco prateado brilhante.

Defeitos graves: cor amarelada ou impura, penas de outra cor.


Vídeo: 8 principais raças de galinha poedeira caipira conhecidas no Brasil (Pode 2021).